De acordo com González Abad, cientista atmosférico do Centro Harvard-Smithsoniano de Astrofísica, os gases de efeito estufa podem ajudar os cientistas a encontrarem vida extraterrestre.

Sendo assim, sua ideia é a de que, se os alienígenas poluíssem a atmosfera na mesma intensidade que fazemos há décadas, conseguiríamos identificar os clorofluorcarbonetos (CFCs) na superfície dos demais planetas. 

Continua após a publicidade

Entendo mais sobre a relação da poluição e vida extraterrestre

O cientista acredita que a poluição na atmosfera de outros planetas seria um indicativo de que outros mundos contam com uma espécie de tecnologia. Além disso, essa hipótese também mostraria que nós não somos os únicos com potencial para destruir um planeta. 

Como a poluição pode encontrar vida extraterrestre
Foto: Divulgação/Nasa

Isso é o que Abad chama de “tecnoassinatura”. Ao longo dos anos, outros cientistas também vêm se dedicando a essa pesquisa e até mesmo considerando outras possíveis tecnoassinaturas. Entre elas estariam fatores como excesso de luz, fragmentos espaciais e gases nocivos na atmosfera de outros planetas.

Como Abad chegou à hipótese de encontrar vida extraterrestre a partir da poluição?

A pesquisa de González Abad passou por diversas fases até chegar à conclusão de que seria possível encontrar vida extraterrestre a partir dos níveis de poluição na atmosfera de outros planetas. 

Continua após a publicidade

A primeira etapa foi o estudo em que o pesquisador buscou discutir a possibilidade de encontrar seres extraterrestres a partir da emissão de CFC. Neste, ele calculou a chance de um telescópio como James Webb detectar níveis de poluição 10 vezes maior que os da Terra. 

Seu estudo também afirma que os CFCs podem permanecer na superfície de um planeta por até 10 anos. Assim, não seria necessário que uma população alienígena passasse muito tempo produzindo poluição.

Desta maneira, segundo ele, seria possível detectar a presença dos gases na atmosfera de planetas vizinhos com o auxílio de telescópios potentes. Para ele, portanto, a mera existência da poluição em outros planetas indicaria que há outros seres poluidores além de nós. 

Continua após a publicidade

Leia também: Joia antiga revela segredo bíblico

Gostou de conhecer esse conteúdo? Então, fique por dentro de tudo navegando no GoPlay News!