Casa Verde e Amarela é o programa social do governo que visa ajudar famílias de baixa renda a conquistarem o sonho da casa própria.

Afinal, em tempos de pandemia e crise econômica, há cada vez mais pessoas precisando de ajuda para ter um lugar onde morar.

Por isso, veja como se inscrever no programa Casa Verde e Amarela. Confira!

 Como funciona o programa Casa Verde e Amarela

Em primeiro lugar, é importante saber que hoje em dia o programa Casa Verde e Amarela visa substituir o programa Minha Casa Minha vida que tinha por objetivo dar um lar aos brasileiros.

Publicidade
Casa Verde e Amarela
Casa Verde e Amarela – Veja como se inscrever

Dessa forma, você pode se inscrever no programa com um passo a passo simples e ter direito a um incentivo interessante na hora de comprar seu imóvel.

Assim, há casa vez mais pessoas interessadas em participar do programa.

Ficou interessado e quer saber os requisitos do programa? Então, confira!

Por isso, veja agora quais são eles:

Passo #1 Ter todos os requisitos

Em primeiro lugar, para ter direito ao programa Casa Verde e Amarela, você precisa estar dentro dos requisitos que listamos logo abaixo:

  • Ser o primeiro imóvel e não ter casa própria ou outro Financiamento De Imóvel no seu nome;
  • Em segundo lugar, você não ter sido beneficiado com outro programa de habitação social do governo;
  • Depois, você também não pode utilizar o imóvel para fins comerciais;
  • Por fim, você também não pode fazer parte do Cadastro Nacional De Mutuários (CADMUT) Ou Do Cadastro Informativo De Créditos Não Quitados Do Setor Público Federal (CADIN);

Passo #2 – Conferir o valor da renda

Em seguida, você precisa ter renda familiar no máximo de até R$1.800,00.

Depois, você precisa ter renda familiar de até R$1.800,00.

Publicidade

Ou seja, a soma dos salários de todas as pessoas empregadas na família precisam dar no máximo R$1.800.

Isso porque, o programa visa ajudar famílias carentes, com renda menor que a estipulada para o programa.

No entanto, caso você tenha renda maior, fique tranquilo porque você também pode ser contemplado pelo programa dependendo da renda e do tipo de imóvel escolhido.

Passo #3 Separar os documentos necessários

Em seguida, você precisa separar os documentos necessários. 

No entanto, caso você não saiba quais são os documentos necessários, confira a lista abaixo:

  • Comprovação De Renda Feita (Holerite/Contracheque);
  • Documentos De Identificação (RG E CPF);
  • Comprovação De Estado Civil (Certidão De Nascimento Para Solteiros, Certidão De Casamentos Para Quem É Casado E Certidão De Casamento Averbada Para Divorciados);
  • Comprovante De Residência Atual;
  • Declaração De Contribuição Do Imposto De Renda, Se Necessário

Em contra partida, caso você seja profissional autônomo, você também pode comprovar sua renda através de extrato bancário ou pró-labore.

Assim, todas as pessoas envolvidas devem oferecer toda essa documentação.

Dessa forma, se você quiser, também pode juntar renda de outros entes da família, como sua mãe, irmã, marido ou qualquer outra pessoa.

Publicidade

Passo #4 Ir até a prefeitura

Em seguida, é hora de comparecer a Secretaria da Habitação ou a alguma entidade organizadora realizar o cadastro Casa Verde e Amarela.

Isso porque, a inscrição precisa ser feita pessoalmente.

Por outro lado, para saber o período de inscrição, é só ficar atento porque em alguns locais as inscrições tem uma data definida. 

Passo #5 Aguardar o resultado

Em fim, depois de cumprir todos os pré-requisitos, basta aguardar o resultado para saber maiores informações sobre o andamento do processo da sua casa própria.

Afinal, a espera pode demorar por um tempo.

Veja também: Melhor empréstimo online para negativados FinanZero

Dessa forma, agora que você já sabe o resultado, é só começar a dar os primeiros passos rumo a sua vitória?

Continue nos acompanhando!

 

Publicidade