Se você é do tipo que ama campanhas que promovem saúde, então, precisa saber qual a importância do Novembro Azul.

É importante destacar, antes de mais nada, que esse é um programa fundamental para o universo masculino.

Dessa forma, se você quer saber mais sobre esse assunto, veja agora o que é o Novembro Azul e o que ele significa. Confira!

Publicidade

Afinal, o que é o Novembro Azul

Em primeiro lugar, é importante dizer que o alerta promovido pela campanha mundial Novembro Azul, tem como objetivo conscientizar os homens sobre os cuidados com a saúde, em especial o câncer de próstata.

Afinal, a doença é a causa da morte de 28,6% da população masculina que desenvolve tumores malignos.

No país, um homem morre a cada 38 minutos por conta do a tumor na próstata, de acordo com os dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), a doença é o segundo tipo de câncer mais frequente entre os homens, atrás apenas dos tumores de pele não-melanoma.

Além disso, a Sociedade Brasileira de Urologia, durante o ano de 2021 a previsão é a de que sejam diagnosticados 65 mil novos casos de câncer de próstata.

Chance de cura aumenta em fase inicial

Apesar do alto índice, quando detectada na forma inicial, a doença pode ter 90% de chances de cura.

Dessa forma, os especialistas da área orientam que homens a partir dos 50 anos de idade devem procurar um urologista ao menos uma vez ao ano, para realizar exames de:

Publicidade
  • toque retal
  • exames de sangue e
  • para avaliar a dosagem do antígeno prostático específico (PSA).

Vale destacar que, cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados apenas pela alteração no toque retal.

Dessa forma, se houver histórico familiar da doença na família, os homens devem adotar essas medidas a partir dos 45 anos.

Novembro Azul
Novembro Azul (Foto: Banco de imagem)

Alerta durante a pandemia

O Novembro Azul se tornou ainda mais importante na pandemia. Afinal, nesse período, muitos homens deixaram de fazer seus exames preventivos, o que pode prejudicar o combate à doença.

Isso porque, em face do atraso cirúrgico emergencial e eletivo durante a pandemia, os médicos cancelaram ou adiaram mais de um milhão de cirurgias.

Além disso, os procedimentos cirúrgicos para tratamento do câncer de próstata também foram impactados.

Publicidade

Em números, de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, durante a pandemia aconteceu uma queda de 27% nos exames de PSA e uma baixa de 21% nas biópsias da próstata.

Da mesma forma, informações do Ministério da Saúde revelam que ocorreu uma redução de 21,5% nas cirurgias para a retirada da próstata por câncer, em comparação com os anos de 2019 e de 2020.

Além disso, o número de consultas urológicas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) caiu 33,5%, bem como as internações de pacientes com o diagnóstico da doença, que apresentaram queda de 15,7%.

Por essa razão, o Novembro Azul é um dos programas que devem ser destacados, principalmente nesse momento.

Leia também: Como ser um entregador do Mercado Livre? Descubra agora!

Afinal, é por meio da prevenção e cuidado que muitos diagnósticos são feitos e muitos brasileiros têm sucesso em seus tratamentos.

Continue navegando com a gente!

 

Publicidade