Quem diria que, em pleno inverno, as temperaturas no Brasil estariam fora do comum e sentiríamos esse calor extremo, não é mesmo?

Neste artigo, vamos comentar a razão desse calor, descobrir as cidades mais atingidas e quais devem ser os nossos cuidados primordiais. Confira!

Continua após a publicidade

Qual é a causa desse calor extremo no Brasil?

De acordo com a MetSul Meteorologia, o calor intenso que estamos vivenciando é resultado de uma bolha de calor, também chamada de domo de calor ou cúpula de calor.

Esse fenômeno é ocasionado por condições de tempo predominantemente seco, com aumento da insolação, favorecido pela subsidência atmosférica.

Essa condição inibe a formação de nuvens e eleva a temperatura da massa de ar, levando a um calor extremo em vários estados brasileiros, podendo até mesmo quebrar recordes históricos.

Quais são as cidades mais atingidas pelas altas temperaturas?

Dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) revelam que diversas cidades no Brasil estão enfrentando altíssimas temperaturas.

Continua após a publicidade

São Romão-MG, por exemplo, lidera a lista com impressionantes 43,5°C. Porto Murtinho-MS e Oeiras-PI também estão entre as cidades mais quentes.

Cuiabá, capital do Mato Grosso, alcançou 42°C em seu dia mais quente do ano. Essas cidades têm enfrentado um calor extremo que demanda atenção e cuidados.

calor extremo
Foto: diana.grytsku/Freepik

Como o nosso organismo reage ao calor?

Nosso corpo reage regulando a temperatura por meio do suor, um mecanismo vital para evitar a hipertermia, sendo que crianças e idosos são bem vulneráveis aos efeitos do calor.

O calor extremo pode levar à desidratação e à perda de sais minerais essenciais. Ou seja, o aumento excessivo da transpiração pode ter sintomas como cansaço, apatia e tonturas.

Quais são os cuidados que devemos ter?

Para se proteger dessas altíssimas temperaturas, torna-se crucial nos mantermos hidratados, mas não apenas quando sentimos sede, e sim regularmente ao longo do dia.

Continua após a publicidade

Além da água, sucos e frutas podem ajudar a repor líquidos. A proteção solar é igualmente vital, com recomendação de filtros acima de FPS 60 e reaplicação a cada duas horas.

Roupas leves de algodão, evitar atividades sob o sol forte e evitar banhos quentes são mais medidas a serem consideradas sem dúvida alguma.

Leia também: Conheça 10 óleos que te ajudam a emagrecer

Enquanto você se refresca um pouco, aproveite que está aqui no site e continue navegando no blog para ler os demais artigos agora mesmo!