Uma mordida de cachorro, especialmente se for de tamanho médio a grande, pode ser muito séria, ainda mais se uma criança for mordida. As mordidas mais graves podem causar ferimentos e lesões e até mesmo colocar a vida das pessoas em perigo.

Se você não conhece a língua canina ou se aborda um cão desconhecido, é difícil entender que ele está prestes a morder, então no encontre aqui neste artigo, dicas de como evitar que um cão te morda ou faça isso com outra pessoa. Preste atenção nas 10 dicas a seguir para evitar essa situação desagradável.

Publicidade

1. Cuidado se não for o seu cachorro

Graças à confiança e ao vínculo que existe entre você e seu cão, você sabe o que pode e o que não pode fazer com ele. No entanto, outro cão pode não tolerar as mesmas coisas, então tome cuidado.

Se for o cachorro de alguém que você conhece, siga os conselhos dessa pessoa. Ser voluntário em um abrigo ou canil também pode ajudar, pois provavelmente descobrirá o que muitos cães que vivem lá amam e não gostam.

Para o cão, o ato de morder é uma predisposição ancestral e inteiramente instrumental. Este gesto, de fato, ajuda o cão a relacionar-se com o meio que o rodeia desde as primeiras semanas de vida: a mordida, em particular, é a forma mais eficaz e direta de conhecer o mundo exterior.

Publicidade

É preciso sempre lembrar-se disso. Os cães mordem por natureza, dessa forma, é melhor ter cautela em excesso do que em falta. Evite mexer com cães de rua que você não conhece, nem mesmo para acariciá-los, pois não sabe pelo que ele já passou e ele pode vir te morder por uma ação que, para você, foi inofensiva.

2. Siga as instruções do dono do cão

Muitas mordidas de cachorro poderiam ser evitadas apenas ouvindo as instruções do dono. Portanto, se você estiver se aproximando de um cachorro e o dono lhe disser para não se aproximar ou tocar em seu rabo, por exemplo, não o faça.

Publicidade

Se o cão está fazendo um “curso de educação” (adestramento) ou correção de comportamento, uma simples ação errada até mesmo de uma pessoa desconhecida pode arruinar o trabalho de semanas inteiras.

Em muitos casos, porém, é possível perceber que o cão morde para expressar medo ou agressão: isso porque, na realidade, a mordida também é a única arma de que dispõe para se defender dos perigos, e se ele te considerar uma ameaça, provavelmente ele usará sua única arma.

Você pode ter um cachorro super manso em casa, que permite não só você, mas outras pessoas também, o tocar, acariciar, brincar, pegar no colo. Mas precisa sempre lembrar que o cachorro dos outros raramente será como o seu, seja para manso ou para brabo, cada um é diferente, por isso é tão importante respeitar os conselhos da pessoa que o conhece.

Publicidade